Boipeba, Bahia – Guia Completo de Viagem

Buscando um destino brasileiro repleto de praias, mangues, rios, exalando charme enquanto produz uma gastronomia única e realmente de dar água na boca?

Sim?

E se eu te disser que ainda pode melhorar, você acreditaria?

Pois bem, situada nas proximidades de Salvador, essa maravilhosa Ilha chamada Boipeba guarda tesouros de valor incalculável, desde praias desertas com muitos coqueiros e águas azuis e quentinhas, fazendo inveja até mesmo ao próprio Caribe.

Perfeito para quem ama a natureza e sua beleza sempre surpreendente.

A ilha em si é uma paz sempre muito calma e desértica, exceto em feriados.

Infelizmente ainda é um destino muito pouco explorado por nós brasileiros, mas não deixa de ser um dos melhores destinos de viagem de Fortaleza.

Você pode imaginar a beleza pelo fato de ela ter sido eleita a mais bela ilha do Brasil e a segunda da América do Sul.

Como Chegar em Boipeba

É fato que para chegar em Boipeba, você terá que enfrentar um bom tempo de viagem, por ser uma ilha o trajeto acaba por ser mais cansativo.

Porém, pode ter certeza de que ao se deparar com esse destino, você perceberá que vale a pena e no final, terá sido tão bom que ao deixar esse lugar, você nem irá lembrar do trajeto.

Mesmo com diversas formas de se chegar até Boipeba, iremos lhe apresentar as melhores e mais econômicas formas de se alcançar o paraíso.

Parte 1 – Ferry, a Balsa para Itaparica:

O mais comum nesse trajeto é começar voando para Salvador e uma vez em Salvador, é possível começar a jornada para Boipeba.

Então pegue um Uber ou táxi até o Terminal São Joaquim, é de lá que sai o Ferry (Balsa) para chegar em Itaparica.

Fique ligado! Há Ferry (Balsa) de hora em hora fazendo o trajeto de Salvador para Itaparica.

A passagem custa R$ 5,00 por pessoa e pode ser comprada na hora, é só chegar com antecedência.

E se você estiver indo na alta temporada, é importante chegar com pelo menos 45 minutos de antecedência, pois eles fecham as vendas 10 minutos antes da saída.

Parte 2 – Ônibus, de Itaparica para Valença:

É possível comprar a passagem de ônibus pessoalmente na venda dentro do embarque do ferry em Salvador ou com antecedência pela internet, que é a forma mais indicada caso você esteja indo na alta temporada.

A passagem custa em torno de R$ 27,00 e o trajeto é de 2h30 até Valença.

Parte 3 – Indo ao Cais de Valença:

Você irá desembarcar na rodoviária de Valença, e então será necessário pegar um Uber ou um táxi para chegar no cais.

É um trecho de basicamente 5 minutos de carro, e o valor de Taxi Tabelado é de R$ 15,00 o valor é alto pelo pequeno trecho, porém quase não tem Uber por lá.

Para quem não tem medo de andar e estiver com pouca bagagem vale encarar uma pequena caminhada de 15 minutos.

Ao chegar no cais, existe uma taxa simbólica de R$ 1,50 – R$ 2,00 que deve ser paga para entrar no cais de Valença.

Parte 4 – Último Trecho, a Lancha de Valença para Boipeba:

Depois dessa jornada, você encontrará o último trecho para chegar em Boipeba.

Nesse trecho tem uma lancha que é rápida.

Você pode comprar a passagem para a lancha ali mesmo no cais de Valença.

O valor gira em torno de R$ 44,00 por pessoa, e o trajeto dura 1 hora, navegando pelo Rio do Inferno, mas acaba sendo até bem rápido, quando você se dá conta já chegou em Boipeba.

As lanchas saem de hora em hora, mas depende muito da temporada em que você vai, o ideal mesmo é checar com antecedência a disponibilidade dos horários quando você está indo.

Então, você irá desembarcar no cais de Velha Boipeba, o vilarejo principal da ilha.

Se você for se hospedar em regiões mais afastadas, como a Praia de Moreré ou Monte Alegre, você ainda precisará caminhar uns minutos pelo centrinho que é muito bonito por sinal, até o ponto de quadritáxi para pegar um e chegar na sua pousada.

Como Transitar em Boipeba

Para se transitar em Boipeba, é preciso saber que a maioria dos passeios são feitos a pé, inclusive a visita a povoados vizinhos dentro da ilha.

Existem também os quadriciclos, chamados de quadritáxi.

Você pode encontrá-los nos pontos de quadritaxi espalhados pela ilha, é apenas ir até um ponto e contratar o serviço.

QuadriTáxi em Boipeba

QuadriTáxi em Boipeba

Os trechos têm valores únicos, por exemplo, de Velha Boipeba até a Praia de Moreré, custa R$ 20 por pessoa já da Praia de Moreré até Monte Alegre, custa R$ 10 por pessoa.

IMPORTANTE: Buscando preservar cada vez mais a ilha e a beleza natural que ela possui, é proibida a entrada de carros na ilha de Boipeba.

Também é proibido a entrada de quadriciclos nas praias e vilas!

Eles passam apenas por dentro da ilha, seguindo algumas trilhas.

Por isso temos que caminhar sempre até o ponto, para fazer os trajetos.

Quanto Tempo de Salvador para Boipeba

No total você fecha essa jornada em aproximadamente 5 horas, vai depender muito do horário que você conseguir encaixar todos os transportes para não ficar esperando afinal.

Existem trechos que o transporte só acontece de hora em hora e dependendo muito da temporada em que você vai.

Onde se Hospedar em Boipeba

Os lugares mais comuns para se hospedar em Boipeba são:

Praia de Moreré

O vilarejo da Praia de Moreré é mais indicado para quem quer estar em meio à natureza, perto de praias lindas, cheio de charme e perfeito para quem aprecia algo mais rústico e com uma pegada bem mochileira.

Velha Boipeba

Com ruas de paralelepípedos, várias lojinhas, restaurantes, perfeito para quem gosta de mais agitação, o principal vilarejo de Boipeba tem algumas pousadas legais por lá, são elas as principais:

Eco Casa Bobô

Dona da mais bela vista da ilha, a Eco Casa Bobô fica mais perto do vilarejo Monte Alegre, a 15 minutos da Praia de Moreré, e para se hospedar lá, é preciso estar disposto a abrir mão de alguns luxos como como ar condicionado, TV e banho quente.

Eco Casa Bobô

Eco Casa Bobô

Pra alguns isso é desnecessário, pois de fato a vista é linda e a brisa da noite deixa o quarto super fresquinho e sem mosquitos, porém isso pode ser importante para outras pessoas, por isso se informe bem antes de se hospedar em qualquer lugar da ilha.

Praia Boca da Barra

Essa é a opção perfeita para quem quer estar mais perto do centro de Velha Boipeba, mas, ao mesmo tempo, de frente para a praia e com uma paisagem belíssima.

Ali você tem acesso mais fácil e mais rapidamente tanto ao centro quanto a praia, é extremamente bem localizada, o que facilita muito a estadia na ilha.

A Melhor Época para Ir para Boipeba

Dos meses que você deve evitar, por conta da alta incidência de chuvas são:

Final de abril, maio, junho e julho.

Nesses meses, pela alta das chuvas acaba sendo baixa temporada e muitos comerciantes e donos de pousada acabam optando por ficarem fora da ilha, o que pode diminuir muito a diversidade de lugares para você aproveitar durante a estadia.

Piscinas Naturais de Castelhanos

Já dos meses que você deve investir são:

Final de dezembro, janeiro e fevereiro.

Nesses meses o clima está mais firme, sempre com sol e brisas suaves que espantam o calor e enriquecem o clima, muitos turistas acabam por buscar essas datas a por conta do agito da alta temporada no reveillón.

É em janeiro e fevereiro que o mar está azul e cristalino, porém a ilha bem movimentada se você prefere menos agito, sugiro pegar o fim ou o começo da alta temporada.

Quantos Dias Passar em Boipeba

A ilha é muito grande e tem programas para 15 dias de passeio, dente eles: Rios, mangues, trilhas, restaurantes e praias incríveis.

Se você quer apenas fazer os principais passeios da ilha, 7 dias, é interessante e ideal para fazer os passeios com bastante calma, sem a necessidade de ficar correndo para não perder nada.

É claro que se você tiver menos tempo, 4 dias podem te sanar bem, e sem dúvidas você irá conseguir passear nas melhores paisagens da ilha.

Praia em Boipeba

Foto: Flickr/Danielle Pereira

Porém, menos que isso, não vale a pena, se você quer curtir os principais passeios da ilha, pois o trajeto para ir e voltar é tão longo, que você vai acabar ficando mais tempo no deslocamento do que na ilha em si, aproveitando o que ela tem pra oferecer.

Tem quem goste de se hospedar aos arredores da ilha e fazer pequenas rotas de bate-volta na lancha até a ilha, e é possível fazer isso, porém, não é o mais indicado afinal, o mais interessante desse passeio é estar dentro da ilha, se envolvendo com a cultura, o clima, as pessoas etc.

4 Melhores Passeios para se Fazer na Ilha

Como já visto, as opções de passeios não faltam em Boipeba, então não se limite apenas aos desse post pois lá você irá encontrar muitos outros programas acontecendo em meio a vida na ilha.

Abaixo estão alguns dos melhores passeios de Boipeba:

1 – Caminhada da Praia de Moreré até Velha Boipeba

Com 10 km de fazendas de coqueiro, trilhas no meio da mata, restaurantes e paisagens lindas perfeitas para um book de fotos para guardar as memórias.

Prepare-se para caminhar bastante, não esqueça de tênis apropriado, garrafas de água e não leve mochilas pesadas.

Você será recompensado por belíssimas paisagens saindo da Praia de Moreré e caminhando toda a costa, passando por várias praias desde Tassimirim, Cueira e até Boca da Barra.

É importante se atentar sobre a maré, pois tem uma parte que é preciso atravessar o rio, e isso só será possível se a maré estiver baixa, por isso não se esqueça de buscar saber sobre ela antes de se aventurar nesse passeio.

2 – Caminhada até a Praia de Bainema

Saindo também da Praia de Moreré, porém dessa vez em direção à Bainema.

Essa caminhada acaba por ser mais tranquila e menos cansativa e ainda conta com paisagens maravilhosas de tirar o fôlego.

Antes de chegar no início da Praia de Bainema, passamos pela “Rua das Flores“, famosa por conta do túnel das flores de Hibiscos.

Dependendo da época, fica cheio de flores, bem colorido!

Seguindo por aproximadamente 2.5 km de praia deserta, as margens de incríveis coqueiros, até o Pontal do Bainema, você pode encontrar uma barraca que fica bem na ponta da praia e oferece vários pratos e drinks.

Tem redes e mesas espalhadas na sombra, é um lugar incrível para relaxar e sentir o clima incrível dessa ilha maravilhosa.

3 – Passeio de Barco Privado

O bom de fazer passeio privado é que é possível ficar o tempo que quiser nos lugares e fugir um pouco da muvuca dos outros passeios.

Um exemplo de bom roteiro é:Piscinas Naturais de Bainema, Piscinas Naturais de Castelhanos, Praia de Castelhanos, Cova da Onçae fechamos com um pôr do sol maravilhoso no Rio, enquanto observávamos os manguezais.

Passeio de Barcos em Boipeva

Foto: Foto: Elton Andrade

Quando o mar está calmo, é possível passar também pelo Navio Espanhol que naufragou em 1530.

Em tempos de mar calmo é possível ver a ancora certinha.

4 – Passeio de Caiaque pelos Mangues Brancos

Esse passeio você pode encontrar perto do “shopping” lá vai encontrar alguns instrutores que vão te levar para esse passeio.

Nesse passeio você passa por vários túneis de mangues, o guia ainda te oferece esperar anoitecer e passar novamente dentro dos túneis com tudo escuro!

Mas, por um bom motivo, ver os plânctons!

Passeio de Canoa na Ilha de Boipeba

Foto: Boipeba Tur

Plânctons são mini partículas que, em contato com o oxigênio, brilham!

Algo muito parecido com os vagalumes que hoje infelizmente já não se encontra com muita facilidade, porém, os plânctons ficam na água então em meio ao breu, você passa a mão na água e vê vários pontinhos de luz.

Algumas pessoas relatam que viam a água como um céu estrelado.

Conclusão

Você acabou de conhecer a ilha de Boipeba, já eleita a ilha mais bonita do Brasil e a segunda da América do sul, vale muito a pena passar por lá, o Brasil nos oferece essas belezas naturais que espanta qualquer um.

É claro que tudo que passamos aqui, é apenas um guia geral para sua viagem, pois com uma ilha dessa é possível traçar inúmeros roteiros de viagem, encontrar passeios e pousadas que surgem novas todas as temporadas etc.

Esperamos que tenha gostado e que esse post te ajude, se estava na dúvida, pode sair dela e ir preparar as malas!

Veja também: